person_outline

EN FI FR DE IT PL PT ES SV TR

Filtro e Pesquisa

palavra chave

Objetivo

Área Curricular

Faixa etária dos estudantes

Autor

Mostrando itens por tag: apoyo visual

APOIO VISUAL DA ESCOLA QUE TOCA EM ME estrelas

Descrição: Suporte visual destinado a esclarecer a qual escola corresponde a estudantes com autismo matriculados na modalidade combinada elaborado pelo CPEE_Latores dentro do Projeto CREEME (Centro de Recursos para Educação Especial e outras Medidas Específicas). Este projeto consistiu na conversão do centro específico em um centro de recursos para as escolas de referência comuns de estudantes com autismo matriculados em uma modalidade combinada.

Este apoio visual, em particular, foi utilizado pelas famílias dos alunos participantes para explicar aos seus filhos ou filhas qual a escola que tinham que frequentar de acordo com o dia da semana e para isso foram aconselhados por um professor itinerante da escola específica que estava a viajar para o centro comum para o referido trabalho.

SUPLEMENTO VISUAL PREDITIBILIDADE DE COMER estrelas

Suporte visual destinado a esclarecer que comida comer para facilitar a previsibilidade em estudantes com autismo e seletividade alimentar elaborado pelo CPEE_Latores dentro do Projeto CREEME (Centro de Recursos para Educação Especial e outras Medidas Específicas). Este projeto consistiu na conversão do centro específico em um centro de recursos para as escolas de referência comuns dos alunos com autismo matriculados na educação combinada.

Este apoio visual, em particular, foi usado na cantina do centro comum do aluno para quem foi dirigido e colocado em prática com a ajuda de um professor itinerante da escola específica que viajou para o centro comum em trabalhos de consultoria.

APOIO VISUAL PARA IR AO BANHEIRO estrelas

Suporte visual destinado a esclarecer os passos para continue indo ao banheiro (análise de tarefas) elaborado pelo CPEE_Latores dentro do Projeto CREEME (Centro de Recursos para Educação Especial e outras Medidas Específicas). Este projeto consistiu na conversão do centro específico em um centro de recursos para as escolas de referência comuns dos alunos com autismo matriculados na educação combinada.

Este apoio visual, em particular, foi usado no ambiente da sala de aula comum do aluno, que foi dirigido e colocado em prática com a ajuda de um professor itinerante da escola específica que se deslocou para o centro comum em trabalhos de consultoria.

CÁLCULO DE SUPORTE VISUAL estrelas

Suporte visual destinado a esclarecer os conceitos do cálculo elaborado pelo CPEE_Latores dentro do Projeto CREEME (Centro de Recursos para Educação Especial e outras Medidas Específicas). Este projeto consistiu na conversão do centro específico em um centro de recursos para as escolas de referência comuns dos alunos com autismo matriculados na educação combinada.

Este apoio visual, em particular, é usado no ambiente da sala de aula comum do corpo discente, para o qual foi abordado e colocado em prática com a ajuda de um professor itinerante da escola específica que viajou para o centro comum em trabalhos de consultoria.

implementação de suportes visuais com normas sociais para minimizar a dependência do profissional

A presença do profissional na sala de aula de referência para ajudar o aluno com autismo a adaptar-se totalmente ao nível curricular e social, pode por vezes levar a um efeito contrário ao que queremos. Uma vez que o aluno conhece a dinâmica da sala de aula de referência, seus colegas e diferentes profissionais, é importante normalizar gradualmente a saída do profissional. Com isso, conseguiremos que o aluno com autismo seja mais um na sala de aula, sem depender de um profissional que o acompanhe em todos os momentos.

Como sabemos que uma das maiores dificuldades de nossos alunos está nos problemas quando se relacionam com seus pares, uma vez que o profissional de referência está se aposentando, pode haver situações que nos façam retroceder na integração do aluno. Para fazer isso, começamos a substituir essa presença por um suporte visual permanente na mesa dos alunos, onde você pode vê-los quantas vezes precisar e, assim, gerenciar suas intervenções na sala de aula e com seus colegas. Desta forma e de forma menos invasiva o aluno estará presente tantas vezes necessitando de estratégias, normas sociais e diferentes suportes visuais que normalizem sua presença em sala de aula, já que o propósito máximo é a retirada do profissional.

Inscrever-se neste feed RSS

parceiro

O apoio da Comissão Europeia à produção desta publicação não constitui um endosso do conteúdo que reflicta apenas as opiniões dos autores, e a Comissão não pode ser responsabilizada por qualquer uso que possa ser feito das informações nele contidas.

Nenhuma conexão com a Internet